O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Joe Biden, de 76 anos, um dos democratas favoritos na corrida pela Casa Branca, se encontrou nesta segunda-feira (29) com sindicalistas e trabalhadores, em seu primeiro ato da longa campanha para eleger o candidato de seu partido à presidência.

“Se alguém vencer Trump em 2020 vai sair daqui”, disse o vice de Barack Obama, sob os aplausos de cerca de 500 seguidores reunidos em Pittsburgh, Pensilvânia.

Biden recordou sua origem modesta, da qual sente orgulho, e prometeu lutar pela “dignidade” e o “respeito” aos trabalhadores: “Sou um homem dos sindicatos”.

A multidão aplaudiu e gritou “queremos Joe”, em várias ocasiões.

“Os banqueiros de Wall Street e os CEOs não construíram os Estados Unidos, foram vocês que construíram os Estados Unidos (…), gente comum da classe média”, disse Biden, repetindo o discurso feito para funcionários de supermercados em greve na semana passada.

Biden escolheu a Pensilvânia, seu estado natal, situado na costa leste do país, berço da indústria siderúrgica americana, hoje parcialmente voltado para alta tecnologia.

Depois de anunciar sua pré-candidatura na quinta-feira passada, Biden optou por uma estratégia de oposição frontal a Donald Trump, a quem acusa de desvirtuar os valores americanos.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario