O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta quinta-feira (25) uma série de medidas fiscais e econômicas em resposta ao movimento conhecido como “coletes amarelos”, iniciado no país no ano passado. Veja quais são:

  • Redução do imposto de renda, que pode diminuir a arrecadação em 5 bilhões de euros;
  • Vinculação das aposentadorias mais baixas à inflação;
  • Bônus de até 1 mil euros a assalariados que ganham até 3,6 mil.
  • Simplificação das convocações de referendos nacionais;
  • Nenhum fechamento de hospitais ou escolas até 2022;
  • Maior descentralização das competências do poder entre os territórios na França;
  • Criação de um Conselho de Participação Cidadã, que, em um primeiro momento, abordará a transição ecológica.

Compartilhar:

Deixe seus Comentario