A CIDADE

MIRACEMA DO TOCANTINS

O município foi criado em 25 de agosto de 1948. Em 1989 foi capital provisória do Estado.

 

A história de Miracema começa com os garimpos que atraíam imigrantes para o Norte de Goiás, no início do século XX, passando pela exploração da cana-de-açúcar e a navegação fluvial. Em 1929 chegaram os primeiros habitantes, se fixando no local devido à beleza da paisagem. A região foi denominada Xerente e Bela Vista. Em 1948 o distrito foi desmembrado de Araguacema, com a denominação de Miracema do Norte. Em 1988, com o desmembramento do Estado de Goiás, originando o Tocantins, Miracema do Norte, hoje Miracema do Tocantins, foi escolhida para sediar a capital provisória do Estado, por ato do presidente da República. Permaneceu nesta condição no período de 1º de janeiro de 1989 até 31 de dezembro do mesmo ano, quando foi instalada, em Palmas, a capital definitiva.

 

Atrativos: praia de Mirassol, no Rio Tocantins; Balneário do Lucena e Correntinho, praia do Funil e Ponto de Apoio, Miracaxi (carnaval fora de época), Mirafolia (carnaval) e Agostina (evento country). Festas populares: Festejos de Nossa Senhora de Fátima, festa junina, aniversário da cidade e Festa de Terezinha do Menino Jesus e festejos do Correntinho Padroeira: Santa Terezinha do Menino Jesus ( 1° de Outubro) Mais Informações ( Dados disponíveis no site do IBGE) Comenta-se que os primeiros a habitarem a região foram os índios Xerente. Nessa região permaneceram pouco tempo.Ela era assolada pela febre. O ribeirão Providência era denominado, Ribeirão do Inferno. Este nome foi motidificado, posteriomente, por iniciativa de Frei Antõnio de Ganges, então vigário da vizinha Piabanha (atual Tocantínia), num ato litúrgico celebrado na barra do citado ribeirão.