O Projeto tem como objetivo zerar as filas de pessoas nos municípios tocantinenses que esperam por cirurgias de cataratas.

Gurupi será o primeiro município a dar início ao Projeto “Catarata Zero”. O Projeto idealizado pela Senadora Kátia Abreu tem como objetivo zerar as filas de pessoas nos municípios tocantinenses que esperam por cirurgias de cataratas. A abertura oficial será realizada nesta quinta-feira, 5, às 15h, no Centro de Convenções Mauro Cunha.

O programa dividiu o Estado em cinco regiões reguladoras estratégicas e Gurupi é uma delas, e atenderá aos pacientes da Região da Ilha do Bananal, Sul e Sudeste do Tocantins. Foi destinado pela Senadora por meio de emenda parlamentar mais de 1 milhão de reais para a realização do projeto nestas três regiões.

Estão previstas a operação de mais de 270 cirurgias e até 1.446 procedimentos neste primeiro momento. As cirurgias serão iniciadas a partir do próximo dia 6 e os pacientes receberão seus agendamentos cirúrgicos amanhã, durante o evento de abertura.

Para o Secretário de Saúde, Gutierres Torquato, esta ação irá devolver a dignidade dos pacientes que tanto esperam pela cirurgia. “Esse projeto viabilizado pela senadora Kátia Abreu vem no momento certo, em que centenas de pessoas aguardam ansiosamente por este tratamento, e agora poderão ter a qualidade de vida restaurada”, comemorou Torquato.

O projeto já pagou um total de R$ 6 milhões em emenda parlamentar para as prefeituras darem início aos atendimentos. Os recursos já estão na conta das prefeituras e serão suficientes para a realização de mais de 6.500 cirurgias de catarata. Todos os 139 municípios tocantinenses serão atendidos e receberão os valores conforme o número de habitantes.

FONTE: Secom/Prefeitura de Gurupi.

 


Compartilhar:

Deixe seus Comentario